Cabochão
Início » Cabochão: um tipo de lapidação de pedras preciosas

Cabochão: um tipo de lapidação de pedras preciosas

A Gemologia utiliza o termo cabuchão ou cabochão como também é conhecido, para definir a maneira como uma gema é lapidada. Geralmente esse método lapida a pedra de maneira arredondada e sem nenhuma face. Conheça mais informações sobre essa forma de lapidação e a maneira correta de ser feita.

As gemas de pedras que são lapidadas dessa maneira possuem a parte superior mais arredondada, convexa e a parte inferior mais plana, côncava.

É comum vermos profissionais como ourives, joalheiros, cravadores ou designer de joias fazerem esse tipo de lapidação. Isso acontece, porque eles são os que mais procuram as gemas das pedras com uma qualidade mais superior. Você pode notar que em lojas comuns, essas pedras não possuem esse tipo de lapidação.

As gemas e o material bruto das pedras preciosas se transformam de diferentes maneiras para decorar joias ou peças. Lapidar, rolar e esculpir as gemas são as técnicas básicas e mais comuns utilizadas.

Os profissionais chamados de lapidário ou da lapidação produzem dois tipos de material básico, um chamado de gemas facetadas e o outro de cabochões.

Quando a técnica de lapidação cabochão é feita de maneira correta, a pedra fica lindíssima.

Entenda o que é cabochão e Gemologia

Cabuchão ou cabochão como também é conhecido, nada mais é do que um termo utilizado na Gemologia para definir a maneira arredondada que uma gema foi lapidada. Arredondado significa que não possui faces. É comum que um desse cabochões tenham a parte superior mais arredondada e convexa e a parte inferior mais plana ou côncava.

Este tipo de lapidação é considerado muito antigo e um dos mais utilizados, principalmente pelo grau de facilidade que possui na hora da confecção.

A gema é a parte mais valiosa de uma pedra preciosa, esse mineral polido de maneira correta é usado na fabricação de diferentes joias e ornamentos de decoração. As gemas mais conhecidas são as das pedras safira, azurita, opala, diamante, ágata e turquesa.

Os corais e as pérolas são de origem orgânica e a maioria delas possui uma característica de beleza única. As cores geralmente são bastante chamativas e o grau de transparência bem intenso.

A Gemologia para você entender, é a disciplina científica que estuda todas essas pedras preciosas.

A principal função dos gemólogos é utilizar utensílios específicos para que não ocorram deterioração e danificação das pedras quando forem extraídas. São observadas diferentes informações sobre as pedras, como suas propriedades físicas, cores, peso, tipo de espectro, refração e principalmente o nível de dureza.

Se esses profissionais não existissem, provavelmente não saberíamos absolutamente nada sobre as pedras preciosas. São através das informações coletadas por eles que é possível determinar características importantíssimas.

Cabochão

Tipos de talhes das gemas facetadas

Basicamente as gemas quando são facetadas dividem-se em três partes, uma chamada de coroa, localizada na parte superior, a cintura, que fica bem no meio da gema e o pavilhão, localizado na parte inferior. O talhe misto, talhe em degraus e o talhe brilhante são as formas consideradas mais importantes dessas gemas facetadas.

O diamante é uma das pedras mais valiosas e utilizadas nas joias mais caras do mundo. Uma quantidade muito grande de diamantes é lapidado com talhe brilhante e na forma redonda. A escolha desse tipo de talhe e lapidação é que o fogo e brilho da pedra ficam mais potencializados. No talhe brilhante são feitas cerca de 57 ou 58 facetas.

As esmeraldas por sua vez é uma pedra que normalmente é talhada em degraus. Esse tipo de talhe é um dos mais empregados no mundo todo. Nesse tipo, ocorre o corte das facetas de maneira paralela, octogonal ou retangular. Se a peça tiver esquinas, elas são niveladas. Olhando de fora, parece que a pedra possui degraus de uma escada, por isso desse nome.

Existe também uma forma de talhe chamado de misto, ou seja, ele contém o talhe em degraus e brilhante misturados.

Como o cabochão pode ser lapidado

A maneira como uma gema deve ser lapidada varia muito, pois depende de como ela será usada. O cabochão pode ser lapidado de diferentes formas, os mais comuns e utilizados são os formatos oval e redondo, excelentes principalmente para cravar joias. Existem também outras opções de lapidação observadas que podem ser navette, quadrada, retangular, triangular, coração e meia lua.

Existem também formas de lapidação, onde a simetria e as proporções não são levadas muito em conta. Assim que o projeto é definido, o profissional lapida a pedra trabalhando todas as suas faces para que fique com aspecto curvilíneo.

Qual a diferença de um cabochão e de uma gema facetada?

A única diferença observada entre essas duas formas de lapidação é que na gema facetada, o lapidário cria faces com aspectos planos, conhecidas como faceta.

Conheça os principais tipos de cabochões

Você que gosta de pedras e está aprendendo sobre cabochão, deve conhecer também os diferentes tipos que existem. Relacionamos a seguir alguns exemplos para você conhecer, acompanhe.

Cabochão

Cabochão Simples

Esse tipo de cabochão é o mais simples que existe e muito utilizado pelos profissionais que lapidam pedras. Sua base ou parte inferior é plana e a parte superior convexa, tendo o seu ângulo pronunciado ou não.

Cabochão Duplo

Esse tipo de cabochão é utilizado principalmente em gemas que precisam ficar com um efeito ótico como no caso do asterismo e olho de gato. Sua base ou parte inferior é mais fina e convexa.

Cabochão Lentilha

As pedras opalas são lapidadas com esse tipo de cabochão normalmente. A base e a parte superior geralmente são do mesmo tamanho e convexas.

Cabochão Oco

Quando se tem uma gema muito escura ou translúcida é normal optar por uma lapidação cabochão deste tipo. A base ou parte inferior costuma ser côncava e a parte superior convexa. O tom dessa gema costuma ficar mais claro, por causa de sua finura.

Cabochão Misto

Este tipo literalmente mistura uma base mais facetada e uma parte superior mais convexa.

Considerações finais

É importante ressaltar que quem vai determinar qual o melhor método de lapidação do tipo cabochão para a sua pedra preciosa é o profissional capacitado.

Deixe seu comentário