Gemologia
In√≠cio ¬Ľ Gemologia: o estudo das pedras preciosas

Gemologia: o estudo das pedras preciosas

Para compreender melhor o ambiente onde vivemos, a geoci√™ncia estuda o nosso planeta em de diversas formas. Cada detalhe ligado √† nossa fauna e flora √© minuciosamente pesquisado e, embora estes sejam os campos mais comuns de se abordar em salas de aula tradicionais, eles n√£o s√£o os √ļnicos.

Outros assuntos como a atmosfera, geleiras e vulc√Ķes t√™m seus pr√≥prios campos de estudo, que podem ainda se subdividir em outras frentes. A Mineralogia, por exemplo, se subdivide ainda em cristalografia e gemologia. Mas para que, exatamente, serve este √ļltimo campo de estudo?

Veja tamb√©m –¬†Associa√ß√Ķes e Institutos Gemol√≥gicos: conhe√ßa os principais

Prossiga com a leitura para saber muito mais sobre a gemologia e a sua import√Ęncia n√£o apenas dentro da geoci√™ncia, como tamb√©m da ind√ļstria das joalherias e do nosso dia a dia.

O que é gemologia?

A gemologia √© um campo da mineralogia que, por sua vez, √© um campo da geoci√™ncia. Ela √©, portanto, um tipo de ci√™ncia com um estudo bastante focado em um √ļnico assunto. A especialidade de um gem√≥logo √© estudar, compreender e identificar as gemas, tamb√©m popularmente conhecidas pelo termo ‚Äúpedras preciosas‚ÄĚ.

Por ter certa popularidade, há cursos de todos os tipos que prometem ensinar a ciência por trás das pedras. Eles podem ser ministrados por escolas holísticas, outros entusiastas de gemas ou até por universidades, seguindo um calendário universitário tradicional.

Um gemólogo deve ser treinado para conseguir diferenciar pedras reais de artificiais, apontar aquelas que passaram por algum tipo de modificação, saber identificar as pedras mesmo que ainda sem lapidação, além de definir corretamente aquelas gemas que podem ser muito parecidas.

Para tanto, os especialistas usam diversos aparelhos que ajudam observar os componentes da pedra, assim como seu conhecimento da dureza, da composição química e outras particularidades apresentadas nas pedras que não são de conhecimento geral.

Gemologia

Como estudar gemologia?

Embora existam cursos livres de gemologia ¬†b√°sica espalhados pela internet, as op√ß√Ķes de ensino tradicional com certificado s√£o bastante escassas.

O primeiro curso de bacharelado em gemologia surgiu na Universidade do Espírito Santo e, até hoje, é referência no segmento. Nele, os alunos aprendem desde a história das jóias, até os princípios da mineralogia, design de jóias, ourivesaria e lapidação.

Estes gemologistas que tenham optado por aprender a ciência por trás das gemas através de um bacharelado saem preparados para identificar corretamente pedras preciosas e trabalhar diretamente com elas em todos os processos que envolvem a gemologia.

Isto inclui desenho de joias, manuseio correto de equipamentos de análise e como usar com segurança equipamentos mais robustos necessários para a profissão, com as serras e os maçaricos. Além disso, eles têm de aprender o bastante para poder exercer a tarefa de avaliar, precificar e certificar jóias profissionalmente.

Veja tamb√©m –¬†Pedras Brasileiras: conhe√ßa 7 que s√£o simplesmente incr√≠veis!

Se o seu interesse nos cursos não envolve o desejo de certificação e está mais ligado a uma simples curiosidade, há dezenas de cursos online gratuitos ou de baixo custo.

Eles ajudam o aluno a compreender as min√ļcias que diferenciam as gemas umas das outras, como identificar e medir sua dureza, a que fam√≠lias e esp√©cies as pedras pertencem, como elas s√£o formadas e outros detalhes.

Porém, estes cursos raramente emitem certificados reconhecidos e o aluno não poderá emitir certificados de autenticidade de gemas ou analisá-las profissionalmente.

Alunos formados em cursos livres de gemologia, especialmente os virtuais, tamb√©m tem pouco ou nenhum contato real com as pedras, al√©m de serem provados de treinamentos laboratoriais, o que dificulta consideravelmente o real aprendizado do conte√ļdo e aproveitamento do treinamento.

Muitas análises são feitas através de componentes químicos, com a ajuda de microscópios ou ainda de outros equipamentos de difícil acesso. Por isso o conhecimento transmitido virtualmente não leva tanto crédito e impede uma certificação oficial.

Gemologia

Como a gemologia identifica as pedras?

Se voc√™ precisa diferenciar o top√°zio azul de uma √°gua marinha, por exemplo, pode ter alguma dificuldade. √Č muito dif√≠cil identificar algumas pedras a olho nu. Por isso, a gemologia estuda detalhadamente diversos aspectos e, com conhecimento e a ajuda de alguns dos testes que listamos abaixo, consegue determinar qual √© o tipo de pedra e o seu grau de raridade.

A maior parte dos testes é não-invasivo e não danifica as pedras de nenhuma forma. Como a composição de gemas é muito diferente, com o conhecimento adequado do uso de alguns aparelhos, não deve ser difícil identificar mesmo as mais semelhantes.

Refrat√īmetros, microsc√≥pios e espectrosc√≥pios

Ambos os equipamentos podem ser utilizados para analisar com a luz age em um objeto. Cada objeto de uma maneira específica de refratar a luz e isso também se aplica às pedras.

Embora pedras como a esmeralda e a turmalina verde possam ser visualmente semelhantes, quando se analisa a maneira que a luz age sobre elas, s√£o facilmente diferenciadas.

Espectroscópios também tem um fim bastante semelhante, mas age de maneira diferenciada. Embora ele também analise a forma como a luz age na pedra, a diferença está na possibilidade de suas ondas definirem alguns tipos de elementos químicos presentes na composição da gema.

Inclus√£o

Inclusão é mais ligada à tentativa de definir se as pedras são reais ou não. Muitas pedras acabam se formando ao redor de outras coisas. Isso pode incluir outras pedras, líquidos ou metais que, invariavelmente, são mais velhos que a pedra em si.

Eles podem ajudar a facilitar a identifica√ß√£o de uma pedra natural, al√©m de servir para outros tipos de estudo. Um exemplo disso s√£o os insetos e outros seres que s√£o frequentemente encontrados presos em √Ęmbar.

Densidade relativa

As pedras são testadas com a ajuda de líquidos pesados que já têm a densidade definida. O peso da gema no ambiente normal é então comparado com o peso dentro do líquido. Como a densidade relativa pode variar de acordo com a composição química da pedra, a diferença de peso ajuda na definição.

Considera√ß√Ķes finais

Se você gostaria de aprender mais sobre a formação das pedras e se debruçar sobre uma abordagem mais científica ao estudá-las, a gemologia é justamente o tipo de curso que você procura. Através dele você terá um pouco mais de conhecimento a respeito das gemas e, ainda, pode aprender mais sobre lapidação, ourivesaria e design de jóias.

Deixe seu coment√°rio